• 17Jan2017
  • Moda

Os Cinco Erros de Estilo Mais Comuns

Para que nunca mais os volte a repetir. Fotos: © D.R.

É isso mesmo: depois de termos atacado o seu guarda roupa, eis que chega a hora de atacar o seu estilo. Isto porque há certos erros que lhe podem custar o prémio de Pessoa com Mais Estilo do Ano, e nós queremos que saia vencedora dessa competição.

Para que possa apagar, de uma vez por todas esses erros da sua vida elaborámos este manual.

 

 

1 – Demasiado é Demasiado

Alguém um dia (muito sabiamente) disse «tudo o que é demais, é erro». E não podia ter mais razão. Por vezes, quando tentamos criar um look mais ousado ou com mais estilo, podemos acabar por abusar em alguma coisa. Ou demasiados acessórios, ou demasiado brilho, ou demasiada cor, ou demasiados padrões, ou demasiada pele. O resultado acaba por ser um coordenado que parece ter sido criado enquanto nos vestíamos às escuras.Por isso, o melhor é mesmo simplificar. Se não sabe combinar padrões, não o faça. Usar 30 pulseiras em cada braço, pode parecer-lhe bem à primeira vista, mas provavelmente não será a escolha mais acertada. E mais do que três cores pode ser demasiada cor (pense que vai sempre lembrar a bandeira de um país a alguém).

2 – Não Conhecer o Seu Corpo

É um dos erros que provavelmente repetimos mais vezes. Quer porque compramos peças demasiado grandes, ou demasiado pequenas. Como resultado, acabamos por acumular casacos, camisolas e camisas em que a linha dos ombros não está no sítio (caindo, quando não é suposto), calças com a perna demasiado longa, e vestidos ou saias cuja a altura não nos favorece.

Para partes de cima (caso fique na dúvida) existe um truque simples: procure a peça do seu tamanho, vista-a, depois leve uma das mãos até ao ombro do lado oposto. Se sentir que o tecido está a condicionar o movimento, provavelmente não é o tamanho certo. Quando se trata de vestidos ou calças, a única solução é mesmo ajustar os tamanhos das bainhas (até porque a maioria das peças são feitas em moldes genéricos).

 

 

 

3 – Usar o Calçado Errado

Quem nunca comprou um par de sapatos, e depois se arrependeu que atire a primeira pedra. Exacto. Todas já tivemos (ou temos!) este problema. Normalmente acontece assim: numa visita ocacional a uma loja, deparámo-nos com um par de sapatos pelo qual nos apaixonámos. Acreditando firmemente que o universo tinha conspirado para nos juntar a eles, decidimos experimentá-los e comprá-los, sabendo no entanto que são tudo, menos confortáveis.

Fica pior quando decidimos usá-los e aquele dia (ou aquela ida à padaria) se transforma numa experiência traumática. Moral da história: se não se sente confortável porque o salto é demasiado alto, ou demasiado fino, não os compre. E se já os comprou, não os use.

 

 

4 – Copiar Looks (do passado, das celebridades, etc.)

De certa forma já falamos disto num antigo anterior, mas mesmo assim vamos voltar a abordá-lo. Vamos à primeira parte: por vezes, enquanto passeamos no ciberespaço, ou folheamos uma revista, descobrirmos um look que (para nós) é o mais giro de todos, e decidimos copiar. Erro! Nunca copie, adapte, até porque nem tudo que fica bem a outra pessoa, lhe ficará necessariamente bem a si. Primeiro porque os corpos são diferentes, e segundo porque pode nem ter a ver com a sua personalidade.

Outro grande erro é repetir o mesmo look vezes e vezes sem conta. Para além de se tornar cansativo, quando damos por nós reparamos que nos últimos 10 anos vestimos sempre o mesmo estilo de camisa com jeans. E. só. isso.

 

 

5 – Falta de Confiança

A maioria de nós sofre deste problema, que aliás é bem mais importante do que parece. Não só porque afecta a nossa autoestima, mas porque na maior parte dos casos, é ele que nos prende aos looks aborrecidos de que falámos no ponto anterior. A moda está viva sim, mas não é nenhum bicho. Não vai morder, por isso arrisque, divirta-se com ela e sobretudo aprenda a gostar de si. Eventualmente esta atitude acaba por se tornar natural, e como consequência transformar-se-á numa guru de estilo.