Todos Os Looks de Maquilhagem do Segundo Dia de ModaLisboa

E uma maquilhagem de olhos - no desfile de Luís Carvalho - que queremos recriar já. Por: Joana Moreira -- Imagens: © Cristiana Morais para Make Up Factory / Perfumes e Companhia

Fora da linha

Subir a linha do eyeliner foi a opção escolhida para a maquilhagem em Awaytomars, onde se privilegiou um look absolutamente natural, com exceção deste detalhe em particular. O olhar ficou mais luminoso depois da aplicação do corretor (Make Up Factory Light Reflecting Concealer) e, depois, bastou um risco com delineador e um pequeno apontamento no canto externo da linha de água (Make Up Factory Automatic Eyeliner) para completar o visual.

Orange is the new black

Pelo menos no que a Imauve diz respeito. A cor – em matte, sem qualquer tipo de brilho – ocupou uma grande parte do rosto das modelos, numa explosão de cor que percorreu os olhos e as têmporas (Make Up Factory Eye Colors No.11), atravessando as sombrancelhas sem grandes limites definidos.

 

(Sobre)natural

Haveria muito a dizer sobre o conceito (e execução) da chamada «maquilhagem natural». O caso do desfile de Gonçalo Peixoto é a prova de que o objetivo de ter uma maquilhagem sem grandes artifícios mas que, ainda assim, não compromete, é passível de ser cumprido. Imperfeições? Nenhumas, só uma pele limpa e iluminada (Make Up Factory Art of Glow Stick Rosy).

 

Lábios vermelhos e glossy

Sem grande magia, mas com todo o allure inerente a uma perfeita boca em vermelho, assim foi a maquilhagem do desfile de Patrick de Pádua. Os olhos estão desprovidos de qualquer eyeliner ou máscara: é mesmo um zero absoluto. A nudez do olhar contrasta ainda mais com os lábios vermelhos glossy em tom cereja. Para este look de lábios aplica-se o batom de alta cobertura e cobre-se com um gloss ultra brilhante (Make Up Factory by MJB Mat Lip Stylo No.21 e Make Up Factory High Shine Lip Gloss 01).

Selvagem

As guerreiras de Valentim Quaresma pintam os olhos em castanho e azul, num look que, como explica a maquilhadora Antónia Rosa, se quer «selvagem». Das pálpebras até às sobrancelhas impera o castanho matte em pó (Make Up Factory Mat Eyeshadow) e, nos cantos exteriores, o azul petróleo (uma das sombas do quarteto Make Up Factory Eye Colors Swinging Blues).

Beijada pelo sol

A palavra-chave da maquilhagem em Ricardo Preto? Shimmer. Um brilho que não é iridescente, tampouco glitter, mas um brilho suave e delicado de quem parece ter sido literalmente beijada pelo sol. A tez uniformizada ganha contornos bronzeados com um pó que chama a estrela maior (Make Up Factory by MJB Sun Teint Powder No. 11) e nos olhos a sombra Make Up Factory by MJB eye shadow No. 39 faz o resto.

Cat-eye com um twist

É seguro dizer que não vamos esperar pelo inverno para recriar ASAP o look de olhos da maquilhagem que vimos nas modelos no desfile de Luís Carvalho. Falamos de um cat-eye que é tudo menos discreto, graças à sua grande dimensão e cor. A pálpebra coberta, ora em roxo ora em azul, foi complementada com um círculo abaixo da linha do olhar, no mesmo tom. O resto do rosto? Simples, sem grandes entusiasmos, afinal, neste caso, o olhar diz tudo.