A Prada Entrou no Mundo do Desporto e Criou Um Tapete de Ioga

E tal como os perfumes, pode ser floral ou frutado. Por: Inês Aparício -- Imagens: © D. R.

É um facto que, nos últimos tempos, o desporto invadiu o campo da moda. E, enquanto que umas marcas se atiram do céu de paraquedas – como é o caso da DKNY -, pegam nas espadas para combater – vimos o esgrima como inspiração da Dior na primavera/verão 2017 – ou correm pelas quatro bases de um campo de basebol – por exemplo, J.W.Anderson, Coach e Roksanda -, outras preferem apostar em modalidades que exercitam não só o corpo, mas também a mente. E é através da criação de um tapete de ioga, que a Prada a vai fazer levitar (ou quem sabe, voar como o Aladino).

Existem quatro modelos diferentes, sendo três deles com o mesmo padrão floral, mas em tonalidades diferentes – vermelho, verde seco e azul. Já a quarta alternativa vai fazê-la cantar, em coro com José Cid os versos: «como um macaco gosta de banana eu gosto de ti», uma vez que a marca trouxe a fruta que estampou também algumas peças na coleção de primavera/verão de 2011 para os tapetes de ioga. Feito em Itália, a peça é almofadado e impermeável, por isso não vai ter desculpas para evitar fazer exercício físico.

Caso estivesse à espera de um sinal para se inscrever de uma vez por todas naquela aula de ioga, a Prada está a dar-lhe o sinal. Mas se ainda não está convencida, passe pela galeria, em baixo, e esqueça todas as dúvidas – ou então, veja isto como uma desculpa para comemorar o Dia Mundial do Yoga no próximo dia 21 de junho.

Da passerelle para o quotidiano

Se acha que este é um objeto inusitado, claramente já não se lembrava de que Isabel Marant tinha criado uma esponja para lavar a louça, a Calvin Klein umas luvas em látex cor-de-rosa para proteger as suas mãos (ou a manicure acabada de fazer) quando está a tratar das limpezas domésticas ou a marca espanhola BIIS tinha elevado um mero saco do lixo (sim, leu bem) a outro nível.