A Carta de Amor de Carolina Machado ao Workwear

Com silhuetas cintadas, a designer criou o guarda-roupa perfeito para todos os dias úteis. Por: Joana Moreira -- Imagens: © Ugo Camera.

Segunda a sexta, das 9h às 17h. A hora de expediente tem tanto de confortavelmente previsível como de aborrecido e no que ao guarda-roupa diz respeito não é incomum que se apropriem as mesmas características. Mas o que é tido comum não é, contudo, verdade universal, e há designers como Carolina Machado que, de quando em vez, nos mostram que o workwear não tem – não tem mesmo – de ser aborrecido.

Passionate é, além de uma coleção, uma história de amor. Numa combinação de referências – desde a melancolia das canções de Lana Del Rey ao erotismo do filme Love, do effant terrible Gaspar Noé – a designer portuguesa criou para o próximo outono-inverno 2018-19 peças em que a formalidade coexiste pacificamente com a sobriedade e feminilidade.

Os fatos têm cortes assimétricos, as calças assumem proporções exageradas ao fundo, com acrescentos em plissado que também se viram nas mangas dos casacos, tudo num delicado jogo entre amores clássicos e modernos.

Por um lado, abundaram calças em cor dupla, mangas em balão, ocasionalmente com recortes e aberturas estratégicas, e a utilização de tecidos como o vinil e o cetim para dar o twist necessário a fatos que nos fazem, de facto, (quase) querer trabalhar.

Mas o trabalho que Carolina Machado mostrou esta sexta-feira, no primeiro dia de ModaLisboa, foi além do propósito de dar um certeiro upgrade ao guarda-roupa de trabalho. No desfile no Pavilhão Carlos Lopes, ao som da música Crave You, de Flight Facilities, vingaram – e brilharam – também os vestidos perfeitos para a verdadeira saturday night fever. 

They stare at me while I stare at you, ouvia-se pela doce voz da australiana Giselle. E, em concordância, olhámos: para os vestidos que se desfilavam pela passerelle fora – e mentalmente até ao nosso guarda-roupa. 

Veja todas as imagens do desfile de Carolina Machado, aqui e alguns detalhes na galeria, em baixo.