Estas São as Primeiras Imagens da Burberry de Riccardo Tisci

As fotos servem como resposta à questão que muitos fizeram aquando a sua nomeação para a marca inglesa. Por: Vítor Rodrigues Machado -- Imagem: © Instagram.

O anúncio da saída de Christopher Bailey da Burberry, 17 anos após ter começado a trabalhar para a marca inglesa apanhou todos de surpresa. Ninguém na indústria da Moda estava a espera da notícia, assim como ninguém estava à espera do que viria a seguir: a nomeação de Riccardo Tisci (que havia deixado a Givenchy) para o cargo de Bailey.

Assim que a revelação foi feita, muitas foram as especulações sobre como o designer italiano (que chegou a ser considerado como um possível candidato à direção da Versace) iria transformar a Burberry. Pois bem, a resposta a essas dúvidas chegou. Pelo menos parcialmente. Na sua página de Instagram, Tisci partilhou seis publicações onde levanta um pouco do véu sobre como será a sua visão estética para a marca britânica durante o seu reinado.

 

B Classic | The kilt #bclassic @burberry🇬🇧

Uma publicação compartilhada por Riccardo Tisci (@riccardotisci17) em

Apesar das peças mostradas fazerem parte da B Classic, a coleção de clássicos Burberry, que foi desenhada pela equipa de designers da marca com quem irá trabalhar, o styling e a curadoria das imagens foi feito inteiramente pelo italiano.

Em comunicado Tisci afirmou: «Quis celebrar a beleza, a herança e o legado que descobri quando cheguei à Burberry. A seleção da B Classic reflete uma curadoria que fiz com o propósito de homenagear os ícones da Casa – peças como o trench coat, o casaco acolchoado, e o kilt – inserem-se no coração da pré-coleção de primavera-verão 2019, desenhada pela incrível equipa de design da Burberry».

 

B Classic | The barn jacket @burberry #bclassic🇬🇧

Uma publicação compartilhada por Riccardo Tisci (@riccardotisci17) em

Tendo em conta que este é o primeiro trabalho do designer para marca, de que forma poderão estas peças ser símbolo do que estará para vir?

Voltando atrás no tempo, e fazendo um pequena comparação, as imagens exibidas na rede social pelo novo diretor criativo são bastante semelhantes às que o designer usou para mostrar as suas criações de Alta Costura para a Givenchy, de 2010 em diante: todos os modelos estão imóveis, como se se tratassem apenas de manequins de loja, que foram estrategicamente posicionados no centro da imagem.

Indo um pouco mais longe, podemos considerar também que o fundo das imagens pode ser um sinal do que estará para vir. Como grande parte de nós provavelmente se recorda, o designer ficou conhecido por transformar a Givenchy, tranzendo-lhe um lado mais «negro» e desportivo.